Jornal de Pediatria Jornal de Pediatria
J Pediatr (Rio J)2017;93:382-8 DOI: 10.1016/j.jpedp.2017.04.006
Artigo Original
Prevalence and factors associated with breast milk donation in banks that receive human milk in primary health care units
Prevalência e fatores associados à doação de leite para postos de recebimento de leite humano de unidades básicas de saúde
Tatiana Mota Xavier de Menesesa, Maria Inês Couto de Oliveirab,, , Cristiano Siqueira Boccolinic
a Universidade Federal Fluminense (UFF), Instituto de Saúde Coletiva, Programa de Pós‐Graduação em Saúde Coletiva, Niterói, RJ, Brasil
b Universidade Federal Fluminense (UFF), Instituto de Saúde Coletiva, Departamento de Epidemiologia e Bioestatística, Niterói, RJ, Brasil
c Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde, Laboratório de Informação em Saúde, Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Recebido 12 Maio 2016, Aceitaram 22 Setembro 2016
Resumo
Objetivo

Estimar a prevalência e analisar os fatores associados à doação de leite materno em unidades básicas de saúde com vistas a aumentar os estoques dos bancos de leite humano.

Métodos

Estudo transversal conduzido em 2013 na cidade do Rio de Janeiro, Brasil, mediante entrevista a uma amostra representativa de 695 mães de crianças menores de um ano assistidas nas nove unidades básicas de saúde com posto de recebimento de leite humano ordenhado. Razões de prevalência ajustadas (RPa) foram obtidas por modelo de regressão de Poisson com variância substancial, segundo modelo hierarquizado. O modelo final foi composto pelas variáveis que se associaram à doação de leite materno por profissionais de saúde (p ≤ 0,05).

Resultados

Doaram leite materno 7,3% das mães. Ter sido incentivada a doar leite materno por profissionais de saúde, parentes ou amigos (RPa=7,06), ter recebido orientação da unidade básica sobre ordenha das mamas (RPa=3,65) e ter recebido ajuda da unidade básica para amamentar (RPa=2,24) se associaram a uma maior prevalência de doação, enquanto a internação prévia do bebê em unidade neonatal se associou a uma menor prevalência (RPa=0,09).

Conclusões

Ficou evidente a importância do incentivo à doação, das orientações e da ajuda da unidade básica para amamentar para a prática de doação de leite materno.

Abstract
Objective

To estimate the prevalence and to analyze factors associated with breast milk donation at primary health care units in order to increase the human milk bank reserves.

Methods

Cross‐sectional study carried out in 2013 in Rio de Janeiro, Brazil. A representative sample of 695 mothers of children younger than 1 year attended to at the nine primary health care units with human milk donation services were interviewed. A hierarchical approach was used to obtain adjusted prevalence ratios (APR) by Poisson regression with robust variance. The final model included the variables associated with breast milk donation (p0.05).

Results

7.3% of the mothers had donated breast milk. Having been encouraged to donate breast milk by healthcare professionals, relatives, or friends (APR=7.06), receiving information on breast milk expression by the primary health care unit (APR=3.65), and receiving help from the unit professionals to breastfeed (APR=2.24) were associated with a higher prevalence of donation. Admission of the newborn to the neonatal unit was associated with a lower prevalence of donation (APR=0.09).

Conclusions

Encouragement to breast milk donation, and information and help provided by primary health care unit professionals to breastfeeding were shown to be important for the practice of human milk donation.

Keywords
Human milk, Milk banks, Cross‐sectional studies, Primary health care, Donation, Epidemiology
Palavras‐chave
Leite humano, Bancos de leite, Estudos transversais, Atenção primária à saúde, Doação, Epidemiologia
J Pediatr (Rio J)2017;93:382-8 DOI: 10.1016/j.jpedp.2017.04.006