Compartilhar
Publique nesta revista
Informação da revista
Compartilhar
Compartilhar
Baixar PDF
Mais opções do artigo
Visitas
24
Carta ao Editor
DOI: 10.1016/j.jpedp.2018.07.003
Necrotizing enterocolitis and appendicitis in preterm infants
Enterocolite necrosante e apendicite no prematuro
Visitas
24
Adauto D.M. Barbosa
Universidade Federal Fluminense (UFF), Faculdade de Medicina, Niterói, RJ, Brasil
Conteúdo relacionado
J Pediatr (Rio J) 2018;94:320-410.1016/j.jpedp.2017.09.013
Letícia Feldens, João C. K. de Souza, José C. Fraga
10.1016/j.jpedp.2018.07.004
Letícia Feldens, João C.K. de Souza, José C. Fraga
Este item recebeu
24
Visitas
Informação do artigo
Texto Completo
Bibliografia
Baixar PDF
Estatísticas
Prezado Editor,
Texto Completo

Li com muito interesse o artigo “Existe associação entre a localização da doença e a idade gestacional ao nascimento de recém‐nascidos operados por enterocolite necrosante” de Feldens et al., publicado no Jornal de Pediatria,1 e temos observado descrições cirúrgicas que corroboram as encontradas neste estudo com relação às localizações diversas da enterocolite necrosante (ECN).

Nossa carta ao editor não tem a intenção de contrapor os achados do excelente estudo efetuado pelos autores, mas de levantar uma questão que ainda é pouco explorada e sem explicação plausível e que não temos visto formalmente nos trabalhos que envolvem o assunto. Ao revisar o trato intestinal em recém‐nascidos prematuros com ECN durante a laparotomia exploradora, a descrição cirúrgica clássica dos achados se restringe a perfurações que afetam em maior ou menor frequência o jejuno, o íleo terminal e a porção proximal do colo. Não temos, entretanto, encontrado relatos sobre as condições da válvula ileocecal e particularmente do apêndice cecal nos casos de ECN, o que proporcionaria oportuno esclarecimento sobre a participação desse órgão, outrora considerado vestigial, na doença, que poderia apresentar‐se como “apendicite aguda” ao iniciar‐se.

No Jornal de Pediatria,2 descrevemos um caso intitulado “apendicite em um recém‐nascido prematuro”, que ocorrera em um recém‐nascido com idade gestacional de 34 semanas, levemente asfixiado, e que aos nove dias de vida desenvolveu quadro clínico clássico de ECN, com distensão abdominal, hiperemia de flancos e finalmente pneumoperitônio, que o levou à intervenção cirúrgica, que revelou não uma perfuração jejunal, ileal ou colônica, mas uma perfuração do apêndice cecal, cuja peça, ao ser examinada no setor de anatomia patológica, confirmou tratar‐se de um apêndice cecal roto, com intenso processo inflamatório. Nesse sentido, poucas são as descrições que relacionam apendicite no prematuro e ECN,3–5 o que nos dá a oportunidade de indagar se não seria prudente a descrição do estado do apêndice cecal conjuntamente ao exame jejunal, ileal e colônico nos estudos que envolvem casos de ECN. Ou será que a ECN limita‐se àqueles segmentos intestinais e a apendicite aguda no prematuro é um mero achado?

Conflitos de interesse

O autor declara não haver conflitos de interesse.

Referências
[1]
L. Feldens,J.C. Souza,J.C. Fraga
There is an association between disease location and gestational age at birth in newborns submitted to surgery due to necrotizing enterocolitis
J Pediatr (Rio J)., 94 (2018), pp. 320-336
[2]
A.D. Barbosa,I.F. Júnior,R.R. Caetano,V.G. Lopes,A.M. Santos,E.D. Franco
Appendicitis in the premature newborn
J Pediatr (Rio J)., 76 (2000), pp. 466-468
[3]
J.C. López-Valdés,R. Escarcega-Servín
Appendicitis in neonatal (AN) patients with secondary necrotizing enterocolitis (ECN) due to sepsis in the uterus: a case report
Gac Med Mex., 152 (2016), pp. 419-423
[4]
R.P. Arias-Llorente,P. Flórez-Díez,M. Oviedo-Gutiérrez,M. Suárez-Rodríguez,M. Costa-Romero,G. Solís-Sánchez
Acute neonatal appendicitis: A diagnosis to consider in abdominal sepsis
J Neonatal Perinatal Med., 7 (2014), pp. 241-246 http://dx.doi.org/10.3233/NPM-14814003
[5]
T. Jancelewicza,G. Kimb,D. Miniatia
Neonatal appendicitis: a new look at an old zebra
J Pediatr Surg., 43 (2008), pp. E1-E5 http://dx.doi.org/10.1016/j.jpedsurg.2008.08.009

Como citar este artigo: Barbosa AD. Necrotizing enterocolitis and appendicitis in preterm infants. J Pediatr (Rio J). 2018. https://doi.org/10.1016/j.jpedp.2017.09.013https://doi.org/10.1016/j.jped.2018.07.001.

Idiomas
Jornal de Pediatria

Receba a nossa Newsletter

Opções de artigo
Ferramentas
en pt
Taxa de publicaçao Publication fee
Os artigos submetidos a partir de 1º de setembro de 2018, que forem aceitos para publicação no Jornal de Pediatria, estarão sujeitos a uma taxa para que tenham sua publicação garantida. O artigo aceito somente será publicado após a comprovação do pagamento da taxa de publicação. Ao submeterem o manuscrito a este jornal, os autores concordam com esses termos. A submissão dos manuscritos continua gratuita. Para mais informações, contate assessoria@jped.com.br. Articles submitted as of September 1, 2018, which are accepted for publication in the Jornal de Pediatria, will be subject to a fee to have their publication guaranteed. The accepted article will only be published after proof of the publication fee payment. By submitting the manuscript to this journal, the authors agree to these terms. Manuscript submission remains free of charge. For more information, contact assessoria@jped.com.br.
Cookies policy Política de cookies
To improve our services and products, we use "cookies" (own or third parties authorized) to show advertising related to client preferences through the analyses of navigation customer behavior. Continuing navigation will be considered as acceptance of this use. You can change the settings or obtain more information by clicking here. Utilizamos cookies próprios e de terceiros para melhorar nossos serviços e mostrar publicidade relacionada às suas preferências, analisando seus hábitos de navegação. Se continuar a navegar, consideramos que aceita o seu uso. Você pode alterar a configuração ou obter mais informações aqui.